Ficando offline

Aquela brincadeirinha sem sentido algum, me toca. Aquele xingamento sem precisão, me atinge. E aqueles pensamentos idiotas, não desgrudam. Devo ter um parafuso a menos, ou um a mais, por que esses pensamentos simplismente não vão embora juntamente com as pessoas? Não. Eles sempre ficam. Daí se juntam com a fantasia formando uma linda histórinha toda feliz e perfeita. Só um detalhe querido pensamento: aquela pessoa nem lembra seu nome, sabia disso? 
Saber eu sei, tentar eu tentei, bloquear eu já bloquiei, mas volta. 
Não precisa ser aquele conto de fadas da mocinha e o mocinho, apenas uma lembrança boba e feliz me vem a mente. Mas ela nunca acontece. Ela nem sequer chega próximo de acontecer. Me odeio, pensar tanto assim me irrita tanto que não fazes idéia. Ninguém faz. Minha cabeça trabalha a mais de mil por hora, uma hora pensa nele e em outra já pensa naquele trabalho de seis páginas e meia que tenho que entregar em uma semana e nem sei o tema. Algum sentido? Nenhum. Alguma ordem? Nenhuma. Alguma precisão? Me atazanar, só pode.
Preciso me desligar de tudo. De provas, de amor, de amizades, da família, da comida, da academia, dos estudos, de mim e dormir. Relaxar a cabeça e simplismente não pensar em nada. Desativar do mundo, apertar o off, seria uma boa solução se eu não uma vida pra cuidar - a minha -.

Lara Oliveira

2 comentários:

Boligan disse...

Eu sigo vários blogs mas não tô conseguindo seguir esse..Quando tento dá internete fora do ar.Adorei o conto Ficando offline desse blog.

Ingrid disse...

Ai nossa vou ver isso!! Tah beijão e obrigado por entrar no blog!! O texto Ficando offline foi escrito pela Lara Oliveira do blog Memórias Escritas! Esse blog é muito legal!! Entra lá!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...