Não faz assim.

 O que eu faço aqui?
 Porque quando eu olho, você vira o rosto e Ela parece ser tão boa, mas no fundo, parece me odiar.
 O que eu faço?
 Já que, eu pretendo continuar sua amiga, mas parece que não dá.
 Desejo-te felicidade.
 Desejo-te paz.
 Calmaria.
 Mas, faça o favor, de não me esquecer, pare de ser rude, e continue a discutir, brincar, seja o que for, comigo.
 Porque, quando eu olho eu quero ver o amigo que eu sempre tive. Não o cara com quem sonhei, não o cara que deixei de amar.
 Mas, meu amigo.

P.s: Se vocês viram. Deu pra perceber que a Ingrid (dona do blog), anda um pouco sumida. E eu também, mas não porque eu quero meus queridos. Tenho outros blogs. 
Beijos e obrigada pelo carinho de vocês aqui.
E, isso foi inspirado em algo pessoal.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...