Pareeee



Pare. Pare agora. Eu preciso que você pare. Stop, apertei o botão. Escute.

Como num filme que eu só lembrava do triste fim. Agora as imagens estão voltando automaticamente na minha cabeça! NÃO, PARE! Estou presa ao início novamente. Estou presa a essas mesmas imagens novamente. Estou presa a essas palavras novamente. Replay? Não controle, não deixe de funcionar agora. A bateria está fraca demais para pausar o filme? Minha cabeça está rodando. Por que o filme sempre volta? Eu estava presa ao fim, não estava? Eu jurei ter ouvido o som da triste melodia ao fundo mil vezes como um eco nos meus ouvidos. Pare, pare, não quero voltar agora. Eu pensei que amava tanto esse mesmo filme, até descobrir que ele me enganava no final. Não, não volte, eu sei como isso termina. E sempre terminará assim. O filme não muda. Eu pensei que valia a pena só pelas imagens bonitas, mas o fim me fez querer ir para bem longe, mas eu, boba, permaneci ali. Eu deveria ter fugido, mas eu não pensei que acabara mesmo assim. E não acabara. O fim acabava sempre como um replay voltando ao início, eu que nunca abri os olhos para ver. E agora estou aqui de novo, revendo essas mesmas imagens. Eu não posso ir embora agora, o controle falhou, e a porta se trancou. Mas vou continuar assistindo, como quem não sabe como isso tudo termina. Vou fingir que não sei. Eu sempre tentei me enganar, não é mesmo? Pelo menos agora eu não vou me iludir com as imagens bonitas, elas são apenas uma forma de tentar me convencer de que tudo sempre acaba bem. E vou assistir, pra ver no que isso dá. Mas eu tenho outra confisão a fazer meu amigo. EU NÃO SOU TÃO TOLA ASSIM, E ESTOU FICANDO CANSADA DE RECOMEÇAR.

Mas por você, faria isso mil vezes...

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...